A liberalização do espaço aéreo e a entrada de operadores aéreos como a easyJet e Ryanair está a ser bem encarado pelas empresas açorianas.

Prevê-se um acréscimo de número de turistas e o aumento de reservas hoteleiras é já uma realidade.

O delegado nos Açores da Associação de Hotelaria de Portugal (AHP), Humberto Pavão, afirmou à agência Lusa que “70 a 80 por cento da oferta hoteleira existente na maior ilha do arquipélago está já vendida”, para o início de abril.

Trata-se de um número incomum, mesmo considerando que é altura de Pascoa, época de festividades nos Açores.

Ryanair e easyJet lançam a partir de abril cerca de 25 voos semanais entre Porto, Lisboa e Ponta Delgada.

Açores S Miguel