Voar para o aeroporto do Montijo esta nos planos da Transavia. A decisão depende das acessibilidades e das taxas aeroportuárias promovidas. O vice-presidente Hervé Kozar disse à imprensa nacional estar atento ao novo aeroporto e ter planos para voar também para os Açores.

“Temos de nos certificar que a experiência dos consumidores não é um pesadelo. A forma de chegar ao aeroporto tem de ser simples, não demasiado cara e fácil. [Na Portela] não há mais ‘slots’ para crescer e nós queremos crescer. Temos de encarar isso. Um novo aeroporto pode responder às nossas necessidades”, afirma.

Relativamente aos Açores, disse: “Todos os anos fazemos análises para abrir nos Açores. Por agora, não é o momento. É uma rota longa. Podemos não fazê-lo em 2017 mas talvez em 2018, quem sabe. Estamos em contacto próximo com a região”.