Com o aeroporto de Lisboa a atingir um limite de voos, o lançamento da base do Montijo para ligações europeias deverá só acontecer dentro de cinco anos. Este cenário preocupa David Neeleman, da TAP.

“Precisamos de um novo aeroporto. Não podemos esperar cinco anos para abrir um novo, podemos ter qualquer coisa em dois anos se nos focarmos realmente” afirmou num debate organizado pela Câmara de Comércio Luso-Britânica.

David Neeleman afirma também que “Todos deviam pagar pelo seu próprio aeroporto. Não vou pagar para a Ryanair vir aqui e retirar-nos negócio. Ninguém em Portugal deveria aceitar isso. Somos uma empresa nacional e não podemos ser prejudicados para ajudar alguém que realmente tem muito mais lucro e dinheiro do que nós. Estamos aqui a sobreviver [a TAP], não lhes vou dar um subsídio”.