O ano de 2010 parece estar toldado para a discussão da entrada das companhias aéreas de baixo custo no arquipélago dos Açores.

Depois da CCIPD mostrar preocupação, de Berta Cabral – presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada – defender voos low cost na região, é a vez de ser lançada uma petição como forma de se continuar a discutir o tema.

Jorge Miguel Berto Justino, autor da petição, justifica-a com o Açorestexto:

“Para quem vive nas ilhas dos Açores e quer ir até ao continente ou para os continentais que queiram visitar estas maravilhosas ilhas, têm a opção de efectuar a viagem em duas companhias aéreas: a TAP e a SATA.

(…)

O objetivo desta petição é tornar o arquipélago dos Açores num destino “low cost”, acessível a todos.”

Cerca de 650 pessoas assinaram a petição que visa ser entregue ao Governo dos Açores, ao Governo de Portugal e ao Ministério da Economia.