O governo está a equacionar a criação de uma taxa verde, a ser acrescida à viagem de avião de cada passageiro que utilize aeroportos portugueses do continente. A um preço de 3 euros.

 

plane

A IATA, organização que gere o tráfego aéreo internacional, considera que a implementação dessa taxa irá incrementar em 43 milhões nas operações de transporte aéreo e causar a perda de 265 mil passageiros anuais nos aeroportos do Porto, Lisboa e Faro.

A estimativa aponta também para a eliminação de 1500 postos de trabalho e na perda de 50 milhões de euros de receitas no sector do turismo.

A criação de um imposto e o aumento de taxas aeroportuárias em Lisboa são contrárias a exemplos que vêm da Irlanda e Espanha. Os dois países reduziram as suas taxas aeroportuárias e conduziram ao aumento de tráfego, após anos de políticas de aumento de taxação.