A Transavia apresenta 2,8 milhões de lugares nas rotas portuguesas em 2017, um acréscimo de 26% face ao período homólogo (2,1 milhões de lugares). Globalmente, a companhia low-cost do Grupo Air France KLM cresce 11% em lugares disponíveis.

“Portugal mantém-se, de longe, um dos mercados top3, sendo o primeiro mercado para França, o segundo para a Holanda e o segundo globalmente. Quatro anos após atingir, pela primeira vez em Portugal, um milhão de passageiros anualmente, estamos cada vez mais perto de triplicar esse número. Portugal mantém-se, definitivamente, um muito estratégico e dinâmico mercado para a nossa companhia e é muito gratificante continuar a merecer a confiança de todos os nosso clientes portugueses de lazer e negócios”, diz Kozar, Chief Commercial Officer (CCO) da Transavia.

As rotas mais populares em Portugal, algumas das quais a receber frequências adicionais este Verão, incluem: Lisboa-Amesterdão, com um aumento de 15%, Faro-Eindhoven, 35%, Lisboa-Eindhoven, 24%, Funchal-Paris, 39%, Porto-Nantes, 40%, e Porto-Paris, 29% – esta última, com 5 voos/dia às terças, quartas, e quintas e 4 voos/dia às sextas e domingos. Sem dúvida, “Portugal é uma aposta ganhar para a Transavia.