Foto: Luisrosa.net

Soa o alarme. Segundo Paulo Geisler, presidente da associação das companhias aéreas que utilizam aeroportos portugueses (RENA), há empresas que estão equacionar sair do aeroporto de Faro devido ao aumento de taxas.

Com a saída de cena da Groundforce, a Portway será o único operador de “handling” activo em Faro e pretende aumentar os preços em 90% para novos clientes, afirma Paulo Geisler.

“A Portway, 100% detida pela ANA, é o único prestador de serviço handling após o encerramento da Groundforce e, neste momento, a alguns dos antigos clientes da Groundforce, a Portway está a solicitar aumentos acima dos 90%. É um facto público notório, constatado pelos números divulgados pela própria ANA, os aeroportos portugueses são mais caros que, por exemplo, os espanhóis”, afirmou o responsável à RR.