Para receber newsletter diária

Recebe as notícias por email:

 

Funchal a 1 euro?

"As low cost são vistas como as companhias que vão trazer uns pozinhos mágicos e, a partir do momento em que entrem numa linha, neste caso concreto, entre a Madeira e Lisboa, vamos ter viagens a preços de arrasar."

Paulo Alexandre Camacho in Jornal da Madeira

, Abril 12th, 2007,

2leep.com

Siga-nos no Facebook:

3 Comentário sobre Funchal a 1 euro?

  1. Isabel Brazão Responder

    8 Junho 2007 at 14:54

    Parece-me que viagens a 1€ só iria trazer chatiçes ao povo madeirense!… Turismo rasca como o da Praia do Inglês?!.. Povo a entrar nas lojas em fato de banho, molhados, a calçar sapatos e a experimentar roupa? Uns a pelar e outros com o óleo Johnson ainda a escorrer nas costas?!… Desculpem-me mas não obrigado! Querem soluções?! Acabem com o monopólio da TAP!…

  2. Johnny Cubane Responder

    24 Julho 2007 at 10:32

    Os estudantes que não são ricos, tão-se bem a cagar para os estrangeiros rascas. Lisboa não tem as low cost? Alguém se queixou do Turismo rasca? Low cost de Lisboa pa Masdeira ia trazer turismo rasca? Então tamos a chamar rascas aos alfacinhas. Estamos a falar de voos entre Lisboa e Funchal. Não esquecer! Em Lisboa entram de chinelos e com óleo nas costas nas lojas? Os locais querem é viajar barato. Já os senhores que sempre viveram do mamanço do comércio na Madeira, podem dizer byebye pois sai mais barato ir comprar as coisas a Lisboa, do que beber um café em certos locais nocturnos da moda no Funchal. As pessoas querem é ir e vir, barato, para Lisboa. Já é tempo de facilitar as coisas.

  3. Martins Responder

    24 Julho 2007 at 22:03

    Sem dúvida, quem fala assim não é gago!!!!!
    A menina Isabel não sabe o que diz, isto é sem ofensa!!!!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>