A Azul Linhas Aéreas em parceria com a Amyris, a Embraer e a General Eletric realizaram o voo “Azul + Verde”. Tratou-se do primeiro voo comercial no Brasil a ser efetuado com bioquerosene, combustível baseado em cana-do-açucar.

O voo fez viagem de ida e volta entre o aeroporto de Viracopos (Campinas) e Santos Dumont  (Rio de Janeiro). Um avião Embraer 195 da Azul viajou com combustível AMJ 700 feito a partir de microorganismos modificados que convertem o açúcar em hidrocarboneto puro.

“O voo experimental foi utilizada uma mistura de 50% de querosene de aviação comum com 50% de bioquerosene obtido a partir da fermentação da cana-de-açúcar (4,5 mil litros)”, explica a General Eletric Brasil.