No leste europeu, as companhias aéreas de baixo custo detêm uma boa quota em alguns países. O transporte aéreo “low cost