A operação DY631 ligou Bergen a Oslo com mais de 50% de biocombustível, permitindo que o voo emitisse menos 40% de poluição do que o normal.

Experiências têm sido realizadas ao longo dos anos com combustíveis menos poluentes, mas não há ainda uma prática corrente no uso de fuel alternativo. Por outro lado, o combustível mantém-se como um dos principais custos operacionais das empresas.

Norwegian