O Presidente Diretor-Geral da Transavia.com France, Antoine Pussiau, escreveu recentemente aos clientes no sentido de os tranquilizar face às notícias vindas a lume sobre o futuro da companhia.

Antoine Pussiau - Transavia France1]

A hipótese de se criar uma Transavia.com Europe levou a uma série de greves do grupo Air France que puseram em causa a viagem de milhares de passageiros.

A missiva de Antoine Pussiau foi a seguinte:

“Bom dia Senhora, Senhor,

Após vários dias, a Transavia está no centro da atualidade. Nesta ocasião, você tem sido um de muitos a testemunhar a vossa dedicação à nossa companha, o que vos agradecemos.

Depois de mais de 7 anos, em conjunto com a Air France-KLM, empenhámo-nos aconstruir convosco a nova companhia low cost “made in France”.

Estamos orgulhosos de poder continuar esta aventura. A nossa ambição de ser “A companhia que não é cara, algo que é caro aos clientes” é um verdadeiro estado de espírito suportado todos os dias pelos nossos 600 colaboradores, que cumprem a sua função com um sorriso, com a maior simplicidade, cumplicidade e sinceridade.

Vocês são atualmente mais de 3 milhões por ano a viajar nas nossas 71 linhas na Europa e no Mediterrâneo. O nosso último inquérito de satisfação sublinha que 8 em 10 clientes recomendam a Transavia nos seus círculos mais próximos, número que nos deixa muito satisfeitos. Vocês são os nossos melhores embaixadores e, em conjunto, vamos fazer crescer a companhia para propor-vos, todos os dias, mais destinos, frequências e serviços, para tornar a companhia numa excelente companhia.

Obrigado pelo seu apoio e pela sua fidelidade. Com o prazer de voltar a encontrá-lo nas nossas linhas.”