A Ryanair foi uma das 18 companhias a expressar interesse na aquisição da Alitalia. A par da low cost, a Delta Airlines, British Airways, Lufthansa e easyJet também tiveram acesso aos seus dados financeiros.

O governo italiano pretende manter a Alitalia, efetuando um empréstimo por pelo menos seis meses. Se nenhum comprador for encontrado, os administradores vão ter que organizar a liquidação da Alitalia.